Ásana e meditação

por:

Yoga_e_meditacao_mjcPensa-se que os primeiros ásanas (posturas) de Yoga terão surgido para permitir a prática de meditação, ou seja, permitiam estar sentado durante longos períodos de tempo. Mas a relação entre a prática de ásanas e meditação não se restringe a estas posturas.

Desde os textos de Yoga mais antigos (os Yogasutras), aos mais recentes, encontram-se descrições dos ásanas como ferramentas para acalmar os órgãos dos sentidos e a mente, levando a estados meditativos mais profundos.

Esta referência é também encontrada noutras práticas de meditação como sejam o budismo e a tradição Zen.

A prática de ásanas pode ajudar-nos na meditação de consciência plena (também referida como mindfulness), já que a mente deve estar atenta e focada em temas como as sensações do corpo, a respiração, os pensamentos ou as emoções.

O Yin Yoga em especial, dada a sua natureza e permanência nas posturas, facilita a prática da consciência plena. Na realidade, talvez o mais difícil na prática de Yin Yoga seja exactamente manter o foco e atenção durante períodos de tempo longos (entre 2 e 5 minutos).

Um método que gosto de usar nas práticas de Yin Yoga para desenvolver a consciência plena é o foco nas sensações musculares:

1) Inicie o ásana até ao ponto em que sente os músculos a alongar (fechar os olhos pode ajudar a focar-se nas sensações de alongamento);
2) Relaxe progressivamente o alongamento até a sensação de alongamento desaparecer;
3) Quando encontra esse ponto, pode voltar à última posição em que sentiu alongamento – será um alongamento suave e confortável;
4) Em 10-20 segundos a sensação de alongamento irá desaparecer e pode intensificar muito suavemente o alongamento de modo a voltar às sensações que encontrou anteriormente (ponto 3);
5) Durante todo o período de permanência no ásana, mantenha atenção plena nas sensações de alongamento e à medida que deixa de sentir alongamento, pode voltar a intensificá-lo um pouco.

“Yoga is the ability to direct the mind exclusively toward an object and sustain that direction without any distractions. That.” Patanjali

 

Referências
Cruz, M.J. 2018. Yin Yoga: Teoria e Prática.Yoganatomia E-book.
Feuerstein, G. 2002. The Yoga tradition: Its history, literature, philosophy and practice. Hohm Press, U.S.A.
Iyengar, B.K.S. 2001. Light on Yoga: The Definitive Guide to Yoga Practice.
Sinh, P., 2006. Hat.ha Yoga Pradı¯pikā: Explanation of Hatha Yoga. Pilgrims, Kathmandu.
Swami Swatmarama, data desconhecida. Hatha Yoga Pradipika.
Takuan, S., 1987. The Unfettered Mind: Writings of the Zen Master to the Sword Master. Kodansha, Tokyo.
Worle, L. & Pfeiff, E. 2010. Yoga as therapeutic exercise. Elsevier Ltd. ISBN: 9780702033834.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu e-mail não será publicado.